21/01/2015

Leite de rosas!

Oi meninas!
Hoje vou falar de um produtinho do tempo das nossas vovós mas que ainda hoje é super conhecido e usado pelas nossas mães, tias e  até por nós mesmas hehe. Quem quiser conhecer um pouquinho mais sobre a marca é só conferir!


A História

Em 1929, o seringalista Francisco Olympio de Oliveira, mudou-se do Amazonas para o Rio de Janeiro e, aos 52 anos de idade, decidiu criar um cosmético feminino. Um amigo farmacêutico ajuda-o no desenvolvimento de uma fórmula, que foi batizada como Leite de Rosas. Em sua própria casa, no bairro de Laranjeiras, Zona Sul da cidade, Francisco e a esposa produzem e envasam as primeiras unidades do novo produto. Para não incomodar a vizinhança, ele fecha as caixas de madeira usadas para despachar a mercadoria, martelando-as somente na hora em que o bonde passava. O primeiro registro, datado de 1929, confere à empresa F. O. de Oliveira, o direito de produzir e comercializar o Leite de Rosas.1

Cinco anos mais tarde, a família muda-se para o Jardim Botânico e instala a empresa na garagem da casa, contratando então seu primeiro funcionário. Francisco Olympio passa a divulgar o Leite de Rosas, colando cartazes de propaganda nos postes das ruas do Rio de Janeiro durante as madrugadas, apesar da proibição existente; usa o rádio - um poderoso meio de comunicação que acabara de surgir - para anunciar o produto, patrocinando astros como Orlando Silva e Elza Marzulo. Também anuncia o produto nas revistas mais famosas da época, como Fon-Fon, Jornal das Moças e Revista do Rádio. Sua primeira garota propaganda foi Maria Olenewa, primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Na vanguarda do seu tempo, o Leite de Rosas foi o primeiro anunciante a mostrar moças de biquíni em suas peças de publicidade. Como patrocinador de grandes eventos que marcaram época, patrocinou a vinda da orquestra de Tommy Dorsey ao Brasil. Introduziu o conceito de grandes promoções com consumidores no país, com "Escreva uma carta para Judy Garland", promoção que teve enorme repercussão. Com slogan "O preparado que dá it", a marca Leite de Rosas se solidifica. A propaganda estabelece a ligação entre Leite de Rosas e as musas da época: até Carmem Miranda e sua irmã, Aurora, passam a serem garotas-propaganda do produto. É o primeiro produto a usar anúncios coloridos e a ter homens como protagonistas de suas peças publicitárias. Inicialmente concebido como produto para a limpeza da pele, passa a ser utilizado também como removedor de maquiagem, desodorante para as axilas e loção pós-barba.

Na década de 1940, é construída a fábrica de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. Nos anos 1950, Assis Chateaubriand, o poderoso chefe dos Diários Associados, convida Francisco Olympio para patrocinar, com a marca Leite de Rosas, o concurso de Miss Brasil , quando a televisão estava apenas engatinhando no Brasil.1

Em 1961, Henrique Ribas, genro e sucessor de Francisco Olympio, assume o comando da empresa da família, após o falecimento do seu fundador. Grande empreendedor, Henrique adota estratégias que multiplicam o potencial do Leite de Rosas, tornando-o acessível a novos consumidores.1

Na década de 1980, calcado nas mudanças estratégicas ocorridas, a empresa investe em novos mercados, mais especificamente no Norte e Nordeste do Brasil, e no Grande Rio Com uma política de vendas direcionada para as classes de menor poder aquisitivo, torna-se a marca mais vendida de desodorante nessas regiões. Em 1995 a empresa passa a usar a atual razão social - L.R. Cia. Brasileira de Produtos de Higiene e Toucador.1

Em 1999, a empresa ganha o Prêmio Top de Marketing, graças ao seu novo posicionamento na publicidade, que consegue rejuvenescer a imagem do produto. Com a chegada do novo milênio, a empresa dá início à extensão de marca, com o lançamento de um sabonete hidratante, seguido por novas linhas de desodorantes, cremes hidratantes e novas fragrâncias de seu tradicional produto. O Leite de Rosas era líder de vendas nas regiões Norte e Nordeste e, para consolidar sua presença nesses mercados, a empresa inaugurou, em 2006, uma nova fábrica em Aracaju.1

Em 2011, depois da trágica passagem de uma gerência profissional, quando a Leite de Rosas quase entrou em concordata, a família retorna à administração, com projeto de renovar a marca. Junto com o ano de 2012 veio, então, o primeiro lucro em 6 anos.


Leite de Rosas Tradicional é o produto carro chefe da empresa homônima, com ingredientes brasileiros. A formulação do Leite de Rosas Tradicional inclui:

óxido de zinco
cloreto de benzalcônio
sorbitol
digluconato de clorexidina
etanol
água
essência.

Além do tradicional Leite de Rosas existem outros produtos, vejam!

Linha do tempo
● 1976 - Lançamento do Talco Barla. O produto é perfumado, contendo Ácido Bórico, Óxido de Zinco, Subnitrato de Bismuto, Subgalato de Bismuto e Silicato de Magnésio, nos tamanhos de 80g e 140g.

● 2002 - Lançamento do sabonete Leite de Rosas. O produto, com fórmula hidratante, tinha perfume floral suave, era branco e vinha acondicionado em caixinha de papel cartão com formato ovalado de 90 gramas.

● 2003 - Lançamento de uma linha de hidratantes (corporal e facial). Todas as fórmulas contêm extrato de rosas brancas, vitamina E e um perfume floral. Lançamento de desodorantes na forma aerosol, spray e roll-on.

● 2007 - Lançamento de duas novas fragrâncias do tradicional produto: Fresh e Pétalas. A primeira é também voltada ao público masculino. Já a segunda, tem aroma de rosas, porém mais suave, e é um pouco mais feminina.

● 2008 - Lançamento dos novos desodorantes, desenvolvidos com base na mesma fórmula, com a adição do chamado "Complexo Biorregulador da Transpiração", além de extratos de rosas brancas e Citrus nobilis Lour..




Espero que tenham gostado! Beijos!   :o)


* créditos: http://pt.wikipedia.org/wiki/Leite_de_Rosas
As fotos: a primeira foi eu mesma que tirei e as demais foram retiradas do Google imagens.

10 comentários:

  1. Oii Isa tudo bem?
    Nossa eu já usei tanto leite de rosas quando era mais nova....a fragrância é uma delicia e sem contar que limpa muito bem a pele!
    Adorei voltar ao passado rsrs

    Beijos;)
    * Blog da Pâm

    ResponderExcluir
  2. Nossa que história legal, eu sempre usei leite de rosas, minhas amigas diziam que era coisa do passado, mas discordo completamente. Até hoje nunca encontrei um produto de limpeza facial mais eficiente que o amado Leite de Rosas.
    Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

    ResponderExcluir
  3. Que post bacana e quantas informações interessantes. Conheço e faço uso mas nunca tive curiosidade de pesquisar. Amei!
    Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  4. Isa, eu gostava e usava muuuuuuito. Hoje em dia nunca mais usei, mas sei da qualidade dos produtos.
    Bom saber melhor como tudo surgiu. Adorei. Não sabia que tudo surgiu por aqui

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  5. Sempre que falavam em "limpar a pele", eu lembra de Leite de Rosas. Faz um tempão que não uso. Quando ver no mercado, vou ver se eu compro.

    Beijos! ♥
    Laísa Guimarães | @laisagss | Youtube

    ResponderExcluir
  6. Isa gosto muito dos produtos Leite de Rosas, sempre estou usando Isa beijos.

    ResponderExcluir
  7. Desconhecia a existência do produto, aliás acho que nem se vende cá em Portugal!

    Bjxxx

    ResponderExcluir
  8. Eu até hoje uso rss
    E cresceu muito, tem vários produtos
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Já conhecia a marca, e adorei saber um pouco da história =)
    emilesantiago.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu adorava limpar a pele com leite de rosas!!! Muito bom!


    bjs

    www.tpmbasica.com.br

    ResponderExcluir

Deixa seu comentário, vou adorar saber a sua opinião!
Não se esqueça de voltar mais vezes!